Biografia

História

Luiz Martins é carioca, economista, casado, pai de Daniel Martins, secretário municipal de Esporte e Lazer de Nova Iguaçu e primeiro suplente de vereador no Rio pelo PDT, e avô de Davi e Giovana. Atualmente, é líder da bancada do Partido Democrático Trabalhista (PDT) na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) e está em seu segundo mandato.

Em 1980, Luiz Martins ingressou para o quadro da Prefeitura do Rio de Janeiro como funcionário de carreira. A partir 1988, no entanto, passou a atuar na vida pública, quando assumiu a Subsecretaria de Turismo, Esporte e Lazer do Estado do Rio de Janeiro.


A formação de economista e a experiência na administração pública levou Luiz Martins a exercer o cargo de coordenador de feiras do município do Rio entre 1992 e 1993. Nesse período, foi responsável pelo ordenamento desse comércio e pela criação do programa “Sobras e Aparas, que destinava alimentos não aproveitados pelos feirantes e consumidores para instituições de caridade.

Foi uma das iniciativas que contribuíram para a campanha de combate à fome do sociólogo Betinho (1935-1997). Luiz Martins ocupou em seguida a vice-presidência da Superintendência de Rios e Lagoas do Estado (Serla) – hoje Instituto Estadual do Ambiente (Inea) –, deixando como marcas: a revitalização do Lago de Nogueira em Petrópolis, a canalização do rio Pavuna e a dragagem do rio Sarapuí, favorecendo milhares de pessoas na Região Serrana e na Baixada Fluminense.

No ano de 2006, Luiz Martins assumiu a chefia de gabinete da deputada estadual Sheila Gama. E em 2008, a chefia de gabinete da mesma, então vice-prefeita de Nova Iguaçu. Em 2010, foi eleito deputado estadual com 26.002 votos. No seu primeiro mandato, aprovou projetos 37 que viraram leis. Tornou-se recordista de leis aprovadas em uma única legislatura no parlamento fluminense. Atualmente, é autor de mais de 60 projetos sancionados.

Luiz Martins é o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor (Codecon) da Alerj. Nos últimos anos, foram feitos cerca de 10 mil atendimentos por ano à população, grande parte dele através do ônibus do consumidor que percorre todo o estado. Além disso, ingressou com mais de 20 ações civis públicas contra operadoras de telefonia, serviços de transportes públicos, órgãos públicos e companhias aéreas, para que respeitassem o consumidor fluminense e adequassem seus produtos e/ou serviços à legislação vigente. No pleito de 2014, foi reeleito com 39.309 votos para continuar trabalhando pelo bem-estar da população do Estado do Rio, sendo de fato seu representante e sua voz na Alerj.

O mandato levado a sério